Você está em: Home / Município / História / Colonização
A+ A- texto
normal

Colonização

Neste resgate histórico percebemos que Sertão apresenta elementos ligados a sua exploração e desenvolvimento. Desde 1880 identificou-se a presença de elementos de “migração” . Mesmo sem registros oficiais, foi possível coletar fragmentos destas presenças.

Neste período temporal, que representa mais de um século, o elemento humano demonstrou diversidade de etnias. As mais expressivas foram espanhóis e paraguaias. Muitos dos imigrantes das etnias citadas foram diretamente de seus países para o território atual de Sertão. Também foram migrantes, dos mais variados lugares do Rio Grande do Sul. Os maiores grupos de migrantes que se deslocaram para Sertão, foram da região das colônias velhas, assim chamadas por terem sido as primeiras a receberem os imigrantes.

A chegada dos imigrantes em Sertão é muito diferente entre cada contexto. Esta diferença é marcada pelos diferentes interesses que trouxeram para cá estes pioneiros. Entre os diferentes objetivos de cada grupo podemos destacar:

realizar a exploração vegetal.
explorar a agricultura.
explorar a pecuária.
explorar os diferentes tipos de comércio que aqui se estabeleceu.
trabalhar na estrada de ferro.
trabalhar nas serrarias e como arrastadores de toras de madeira, dentro da mata.
trabalhar na estação experimental.
tomar posse de propriedades, que ganharam do governo, por serviços prestados.
fugir das guerras ou revoluções.
em busca de um pedaço de terra própria para sustento etc…